Arquivo da categoria: Busca

Devaneios sobre evolução

Padrão

Passei minha vida me procurando, tentando descobrir quem sou eu de verdade. Ainda procuro, na verdade. E sei que vou continuar fazendo isso até o dia em que eu precisar deixar esse mundo.

Acho que todo mundo faz isso. Não conheço muitas pessoas que estejam verdadeiramente satisfeitas e felizes do jeito que são. E estão todos procurando essa tal satisfação, o tal sucesso absoluto onde nada mais será necessário.

Me pergunto se esse é o caminho certo? Se temos várias vidas passadas e futuras (e acredito nisso) onde uma evolui para a outra, porque temos que nos cobrar tão rigorosamente para chegarmos à perfeição (ela existe?) AGORA? Será que o ideal não é nos tornarmos melhores em pequenos passos, um pequeno objetivo de cada vez?

Não estou dizendo para ninguém desistir de sonhos ou grandes objetivos na vida, como se tornar um super herói com super poderes. Tem nada a ver com isso o que estou escrevendo.

O que eu quero falar é sobre os erros. Porque nos sentimentos incapazes quando erramos? Os “erros” e os “defeitos” foram criados para aprendermos com eles. Então se você explodiu seu laboratório quando tentava descobrir a cura para o câncer, tenta de novo. Só existem duas regras: não prejudique a si e nem ao outro. E aí você continua.

Estou falando isso tudo principalmente para eu mesma. Sou a pessoa que mais se cobra que conheço. Sol em Capricórnio, Ascendente em Libra e Lua em Touro são o suficiente para entender que erros de percurso não são passados desapercebidos MESMO pela minha cabeça. Mas não tem problema. Isso faz parte de mim e me ajuda a me tornar alguém melhor a cada dia. Inclusive sobre me esforçar para não me cobra tanto. Sou humana … nós erramos.

 

Quase não tenho mais ouvido músicas assim. Mas conversar com a nossa Sombra é muito importante para entendermos quem realmente somos. E a letra dela é linda.

How Fortunate the Man with None

You saw sagacious Solomon
You know what came of him,
To him complexities seemed plain.
He cursed the hour that gave birth to him
And saw that everything was vain.
How great and wise was Solomon.
The world however did not wait
But soon observed what followed on.
It’s wisdom that had brought him to this state.
How fortunate the man with none.You saw courageous Caesar next
You know what he became.
They deified him in his life
Then had him murdered just the same.
And as they raised the fatal knife
How loud he cried: you too my son!
The world however did not wait
But soon observed what followed on.
It’s courage that had brought him to that state.
How fortunate the man with none.

You heard of honest Socrates
The man who never lied:
They weren’t so grateful as you’d think
Instead the rulers fixed to have him tried
And handed him the poisoned drink.
How honest was the people’s noble son.
The world however did not wait
But soon observed what followed on.
It’s honesty that brought him to that state.
How fortunate the man with none.

Here you can see respectable folk
Keeping to God’s own laws.
So far he hasn’t taken heed.
You who sit safe and warm indoors
Help to relieve out bitter need.
How virtuously we had begun.
The world however did not wait
But soon observed what followed on.
It’s fear of god that brought us to that state.
How fortunate the man with none.


 

 

 

Anúncios